Agitadores Industriais 

A Agitação desempenha um papel importante na qualidade de diversos processos químicos.

O objetivo da agitação em processos é o primeiro fator influenciador na seleção do impelidor. Este objetivo inclui mistura de fluidos miscíveis, fluidos imiscíveis, transferência convectiva de calor, suspensão de sólidos e outras numerosas funções. Propriedades físicas do fluido como a viscosidade, desempenham também um fator importante na seleção do impelidor ideal. Com diferentes projetos de impelidores sendo utilizados em operações com fluxos laminares, de transição e regime turbulento.

O fluxo padrão gerado por um agitador, está intimamente relacionado com a capacidade da hélice em atender o processo. Sendo os mesmos agrupados em axiais e radiais. Em geral, o padrão de fluxo axial é muito utilizado para processos de simples mistura, transferência de calor e suspensão de sólidos. Enquanto os padrões com fluxos radiais são melhores, para operações que necessitam de dispersão e um maior nível de cisalhamento.

A grande variedade de impelidores disponíveis para comercialização, garantem agitação eficiente podendo ser utilizados em diversos processos. Portanto, a dificuldade surge na escolha do impelidor ideal, a partir dos diversos impelidores disponíveis. A i9tech fornece orientação especializada nesta área, desenvolvendo projetos para seus clientes e auxiliando no processo de seleção do modelo de impelidor ideal.

CONCEITOS PARA EQUALIZAÇÃO TÉCNICA DE UM AGITADOR

NÍVEL DE AGITAÇÃO
É uma forma de quantificar numericamente a intensidade da agitação, e está relacionada a velocidade média do fluído no tanque. Escalonada de 0 a 10 esta intensidade é utilizada para classificar processos em geral.

VELOCIDADE MÉDIA
A velocidade média do fluído agitado é função da capacidade de bombeamento efetivo de cada impelidor pela area da seção do tanque, onde uma particula passa por sua maior velocidade na ponta da hélice e percorre pelas zonas de menor velocidade até retornar a maxima novamente. Cada nível da escala de 0 a 10 corresponde a 1,83 (m/min.) sendo então a máxima velocidade média 18,3 (m/min.), acima desse valor ocorre excesso de energia empregada para determinado volume de fluído bombeado, quantificado em (kJ/m³).

BOMBEAMENTO EFETIVO
É a vazão gerada por impelidor, que é função da rotação pelo diâmetro do impelidor a terceira potência, varia de acordo com o tipo, perfil e predominância de cada hélice, desta forma cada tipo de impelidor possui um numero admissional de bombeamento que define sua capacidade de bombear a massa de fluído internamente dentro do tanque. Este número é altamente sensível à viscosidade do meio em processo, sendo que quanto mais viscoso for o produto, mais difícil é de ser bombeado.

POTÊNCIA CONSUMIDA PELO IMPELIDOR

A potência consumida pelo sistema de agitação é função numero admissional de potência, peso específico do fluido, rotação do impelidor a terceira potência e do diâmetro dos impelidores a quinta potência. O numero admissivel de potencia é caracteristico de cada tipo de impelidor e representa o coeficiente de arraste nos sistemas agitados sendo
altamente sensível ao tipo de escoamento presente no tanque, sendo função de Reynolds.

TURNOVER
Expresso em renovações por unidade de tempo, o turnover relaciona o bombeamento com a capacidade volumétrica do tanque, hipoteticamente o turnover mensura a quantidade de vezes que a massa de fluido é totalmente bombeada dentro do próprio tanque.

Agitador Vertical de Grande Porte

Agitador Lateral

Agitadores Industriais

TANQUE 05 (6)
ETANOL ORANGE PEEL - CP KELCO (2)
agiador industrial - i9tech-03
PortugueseEnglishSpanish
Envie sua mensagem
Gostaríamos de poder ajudá-lo(a)
OLÁ!
Fale com a I9TECH - Soluções Industriais
pelo nosso WhatsApp